Partilhe com outros


Por que ser um cristão quando muitos são hipócritas?

Por que ser um cristão quando muitos são hipócritas?

Por que ser cristão quando muitos são hipócritas? É verdade que muitos cristãos são hipócritas e não são tão bons quanto você é. Você provavelmente nunca matou ninguém, roubou um banco ou fraudou dinheiro de outras pessoas; ao passo que alguns cristãos que você conhece pessoalmente possam ter-lhe maltratado ou fraudado. Pregadores famosos do cristianismo, supostamente, roubaram o dinheiro suado de outras pessoas. Alguns padres podem ter cometido fornicação. Alguns pastores não praticam o que pregam. Parece não haver razão para você se tornar um cristão, já que muitos cristãos, até mesmo líderes cristãos, são hipócritas. Exceto por uma razão: Jesus Cristo, seu Criador, morreu por seus pecados e quer ser sua vida! (1 Coríntios 15:3), (Romanos 5: 8), (1 Pedro 1:18-19), (Hebreus 9:22), (João 10:10), (João 5:21), (João 5:40), (João 6:33).

Jesus não era um hipócrita

Jesus Cristo não era um hipócrita. Ele praticou o que pregou; ensinou as pessoas a serem justas e Ele próprio era justo. Ele nunca defraudou ninguém, incluindo o governo (Mateus 22:21). Ele nunca maltratou Suas criaturas; antes, foi maltratado por muitos, ensinou as pessoas a terem compaixão dos outros e até alimentou os pobres (João 5:16) (Mateus 15:32). Ele não era ganancioso. Ele nunca roubou nenhum dinheiro suado de terceiros; pelo contrário, Ele desistiu de Seu glorioso trono nos céus para estar com o homem. Ele ensinou as pessoas a serem bondosas e curou os enfermos, sem tirar um centavo deles (Mateus 14:14) (Filipenses 2:5-8). Ele nunca cometeu fornicação; antes, honrou o casamento (Marcos 10:11) (Mateus 5:28). Ele ensinou as pessoas a serem misericordiosas, salvou uma pecadora de ser apedrejada e não apedrejou os acusadores dela, que também eram dignos de serem apedrejados (João 8:7, 10, 11). Ele ensinou as pessoas a amarem o seu próximo como a si mesmas; Ele amou o homem e morreu pelo homem. Enquanto estava morrendo, até mesmo orou para que os zombadores injustos ao redor de Sua cruz fossem perdoados (Lucas 23:34). Ele cumpriu Suas promessas. Ele disse a Seus discípulos que morreria e ressuscitaria e ressuscitou, no terceiro dia, para que pudesse ser vida para todos os que O recebessem (Mateus 16:21) (Atos 10:40). Ele foi o primeiro cristão. Ele era o padrão para todos os cristãos. Agora, Ele deseja viver dentro de você, para que você também seja um verdadeiro cristão (1 Coríntios 6:17), (2 Timóteo 4:22).

Falsos cristãos são hipócritas

Há pessoas que se dizem cristãs, mas não têm a vida de Deus. Com certeza, essas pessoas não são cristãs. Embora possam reivindicar ser cristãs, tudo o que fazem provém de si mesmas e não do fortalecimento interior da vida divina. Não é de se surpreender que algumas delas maltratem a outros.

Cristãos derrotados se tornam hipócritas

Há pessoas que são cristãs, que receberam o “único Cristão” - Jesus Cristo - nelas. Contudo, não vivem por Cristo, dedicadas a Cristo, não expressam Cristo e nem vivem Cristo. Eles são cristãos verdadeiros, mas não levam uma vida cristã normal e adequada. Eles não vivem uma vida que expressa Deus. Deus é amor. Deus é justiça. Um verdadeiro cristão, vivendo em Deus, deveria expressar Deus em Seu amor e justiça. Ele nunca enganaria ou maltrataria os outros. Cristãos que maltratam a outros ainda são cristãos, mas no momento em que estão maltratando outros, não estão praticando. Todos os cristãos, até certo ponto, às vezes, são assim. Apenas Jesus nunca foi um hipócrita.

Cristãos verdadeiros e praticantes expressam Cristo

Há alguns cristãos genuínos e praticantes que receberam a Cristo e são um com Cristo. Eles não receberam Cristo por coerção ou por conveniência. Eles não foram apenas mentalmente convencidos ou convertidos. Eles receberam DEUS neles (João 20:22). Sua vida está se tornando semelhante à de Cristo, e eles não estão fingindo isso (Filipenses 1:21). Cristo está vivendo neles e eles estão vivendo em Cristo (Colossenses 1:27), (João 15:4). Cristo tornou-Se suas vidas, para que vivessem Cristo (Gálatas 2:20). Eles vivem mais e mais pelo Espírito de Deus que habita neles (Romanos 8:11). Eles não apenas tomam a vida de Cristo na terra como seu modelo, mas também vivem da mesma maneira que Cristo viveu, por meio do suprimento abundante do Espírito (Filipenses 1:19). O Espírito é o poder dinâmico neles, levando-os a expressar Deus (Atos 4:31). Eles são como Cristo vivendo novamente na terra. Eles amam as pessoas como Cristo as amou. Eles são justos como Cristo era justo. Eles são pequenos cristos. Para eles, viver é Cristo. Cristo vive neles, para expressar Deus por meio deles.

Você precisa ser um cristão verdadeiro

Você não deve ser um falso cristão ou um cristão derrotado. Até mesmo alguns sacerdotes, clérigos, pastores ou pregadores podem estar nessas categorias (Ezequiel 34:2-3) (João 10:12-15). Eles podem representar Deus erroneamente aos outros, mas você deve ser um cristão genuíno, praticante e vencedor. Vale a pena ser esse tipo de cristão.

Se você deve ou não ser cristão, não depende da existência do primeiro ou do segundo tipo. Você deve ser cristão porque Deus o criou para contê-Lo, para ser um com Ele e expressá-Lo (Romanos 9:23), (2 Coríntios 4:7), (Gálatas 5:22-23). Você deve ser cristão porque terá que pagar o preço por seus próprios pecados, a menos que aceite o pagamento que já foi feito por você, pela morte substitutiva de Cristo (Romanos 6:23). Você deve ser cristão porque precisa de Cristo para trazer a vida de Deus para dentro de você. Você deve ser cristão porque precisa ser um cristão. Mesmo que todos os outros sejam cristãos hipócritas, você precisa ser cristão. Mesmo que ninguém mais seja um cristão, você ainda precisa ser cristão. Ser um cristão é uma questão de necessidade e verdade. Você precisa de Deus e Deus precisa de você. Ser cristão é uma questão estritamente entre você e seu Criador. Ninguém pode decidir por você. Ninguém pode pressioná-lo. Você não precisa olhar para mais ninguém. Você precisa ser um cristão por si mesmo e por Deus.

Como se tornar um cristão verdadeiro

Se você deseja aceitar a morte substitutiva de Cristo em seu favor, se deseja que a vida de Cristo entre em você, se não deseja ser um cristão falso ou derrotado, se não deseja ser um cristão hipócrita, mas sim ser um cristão genuíno, diga ao Senhor Jesus:

“Senhor Jesus, agradeço por Tua morte por mim. Eu quero Te receber como minha vida. Eu quero ser um verdadeiro cristão. Faça-me um Contigo. Vem viver em mim agora, e faça com que eu viva em Ti para expressar-Te.”

Então, precisa se juntar a outros cristãos verdadeiros para aprender como deixar a vida de Deus crescer em você, a fim de que, cada vez mais, você possa expressá-Lo.


Partilhe com outros